Carrinhos Dobráveis para Transporte de Carga

 Com a (feliz) implantação da lei que proibe ou restringe a distribuição de sacolas plásticas pelo comércio em geral, mas principalmente no caso de compras de supermercados, ficou um pouco mais complicado o transporte das compras do caixa ao carro e do carro à casa e muito pior ainda no caso de apartamentos, para facilitar e muito o transporte das compras uma excelente opção é a utilização de carrinhos dobráveis para o transporte de caixas ou outros objetos do carro à casa ou ao apartamento.

Os carrinhos dobráveis podem ter 2 ou 4 rodas, podem ser compactos ou muito compactos, podem ser robustos ou muito leves (para cargas de no máximo até 50 kg).

No mercado brasileiro existem várias opções e as variações principais entre eles são, preço que pode variar de R$ 30,00 à R$ 290,00 (cuidado com os que são bem baratinhos, são importados, frágeis e a ergonomia é ruim a haste é muito curta obrigando a pessoa a se curvar no momento do deslocamento). Neste universo de preços a relação  está entre a capacidade de carga, peso do carrinho, tipo de rodas, ser muito ou pouco compacto e elegância.

Para quem quer um carrinho prático e de bom desempenho (fácil de manusear e guardar,  leve e resistente o suficiente para suas necessidades) um carrinho de 02 rodas de polipropileno revestido com borracha, com base dobrável e haste regulável, feito de aço com pintura epóxi é uma boa opção que está entre R$ 80,00 e R$ 90,00, entra em qualquer porta malas ou mesmo atrás ou debaixo dos bancos dianteiros do carro. 

carrinho de carga dobravel

Carrinho dobrável semi aberto

 

 

 

 

 

 

 

 

Carrinho de carga dobrável fechado (WMADR

Carrinho de carga dobrável fechado (WMADR)

Para um condominio ai o ideal é ter um com 04 rodas, que basicamente é escolhido pelo local onde se guarda o carrinho e principalmente pelo tamanho do elevador e corredores.

Para uma transportadora ou entregadora ai o ideal é um carrinho mais robusto que aguenta mais carga e uso continuo, mas ainda assim compacto para ocupar pouco espaço dentro do veiculo o que ajuda muito principalmente em São Paulo com as restrições para veiculos grandes de entrega na cidade, este é o modelo;

Carrinho dobrável aberto

Carrinho dobrável - roda maciça (WMA150D)

Carrinho dobrável fechado rodas maciças (WMA150D)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora quem tiver uma graninha a mais e puder comprar o mais caro (principalmente pela sua elegância) ai a opção são os confeccionados em aluminio, leves, compactos e claro meio salgadinhos no preço, mas vale o investimento. Opção modelo

Carrinho dobrável de aluminio

 

É isto ai, esperamos que estas dicas ajudem vocês a escolherem um bom carrinho.

Mais modelos de carrinhos dobráveis aqui.

 

Publicado em Carrinhos de carga | 3 comentários

Cómo escolher paleteira-transpalete-carrinho hidraulico-patinha

Dicas para escolher paleteira -transpalete-carrinho hidraulico-patinha.

Paleteira

 

Sobre paleteiras existem muitos detalhes importantes de serem observados antes da compra, vamos tratar de enumerar de uma forma prática;

1) determinar a capacidade de carga máxima que se queira transportar por viagem, 2000 ou 3000 kg, em caso de dúvida escolha a de 3000 kg que também vai ser uma opção  muito mais duradoura e de menor manutenção caso você não chegue a transportar os 3000 kg, melhor sobrar do que faltar.

2) determinar a largura total dos garfos, 520, 550 ou 685 mm, se determina pelos modelos dos paletes manuseados na empresa, a maior parte dos paletes atendem o padrão NBR neste caso escolher a de 685 mm, caso não se tenha uma padronização dos paletes então o melhor a fazer é adquirir a de garfos 520 ou 550 mm, serve em qualquer palete o incoveniente é que ao transportar paletes maiores (padrão NBR) deve-se ter o cuidado de centralizar a paleteira para evitar tombamento da carga.

3) determinar o tipo e quantidades de rodas também é um item importante, Os tipos de rodas são de nylon ou poliuretano,  o nylon é o mais simples utilizado na grande maioria dos casos e também mais barato, o PU é mais resistente e ideal para pisos pintados ou resinados, em alguns casos onde os pisos são muito rústico e a utilização da paleteira muito intenso é recomendável na primeira troca de rodas (que vai ocorrer relativamente rápido) troca-las por rodas especiais com centro de ferro fundido e revestido de PU, é algo muito comum em paleteiras utilizadas na construção civil para movimentar paletes de blocos em pisos rústicos. As rodas podem ser simples ou dupla (tanden) geralmente é determinado pelo tipo e local de trabalho da paleteira, as duplas fazem com que os carrinhos deslizem melhor e o desgaste é bem menor já que o peso da carga é dividido por mais duas rodas adicionais.

4) Outra dica muito importante é naqueles casos que são bastante frequentes onde as paleteiras serão utilizadas em câmaras frias, é imprescindível deixar isto muito claro para o fornecedor para que ele possa te fornecer com o óleo hidraulico correto para este uso pois em muitos casos a paleteira não é fornecida com o óleo especifico e ai o congelamento do óleo e a perda do sistema hidraulico são inevitáveis. Melhor ainda é precisar a quantos graus negativos estará sujeito a paleteira porque acima de 30 ºC o óleo passa a ser ainda mais especifico.

5) uma última dica são as paleteiras confeccionadas em inox se não forem de uma marca que sua empresa tenha referência de quem já utiliza cuidado porque em geral são importadas e geralmente apresentam problema de corrosão.

 

É isso ai esperamos ter contribuido para que sua próxima aquisição de paleteira/transpalete/carrinho hidraulico/patinha e outros nomes seja tranquila e satisfatória.

 

Publicado em Paleteira- Empilhadeira | Com a tag , , , , | 3 comentários

Carrinho Catador de Papelão e outros Recicláveis

 

Dando sequência a nossa história de oferecer soluções sob medida entregamos neste mês de outubro de 2011 uma série de carrinhos e equipamentos utilizados na movimentação de cargas, neste caso mais especificamente movimentação de recicláveis, entre outros o produto que inspirou o titulo deste case “Carrinho Catador de Papelão e outros Recicláveis”.

O projeto desenvolvido pelo Governo Federal através de alguns de seus organismos consiste em fornecer para cooperativas devidamente cadastradas uma linha de crédito a fundo perdido para aquisição de máquinas e equipamentos que permitam maior inserção social desta categoria de trabalhadores além do grande apelo ecológico cumprido por eles.

No caso especifico nosso desafio desta vez foi desenvolver um carrinho para os catadores de papelão/recicláveis para isto conversamos com vários catadores pelas ruas de São Paulo levantando tudo que tinha de bom e ruim nos carrinhos que utilizavam para no final desenvolver um carrinho que pudesse atender perfeitamente às mais diversas necessidades desta classe.

O carrinho para transporte de materiais recicláveis

 Carrinho para catador de papelão e materiais recicláveis

 

- O Chassis foi confeccionado em tubo de aço industrial retangular para resolver o problema de trincas que surgiram em praticamente todos os carrinhos que vimos nas ruas.

- O eixo foi afixado  através de hastes reforçadas para aumentar o equilíbrio da carroceria e evitar trincas do chassis.

Carrinho catador de materiais recicláveis

- O sistema de fixação do cubo no  eixo utiliza porca autotravante para evitar que soltem com isto resolvemos outro problema frequente dos carrinhos nas ruas que é o desgaste e quebra do cubo e das pontas de eixo.

Carrinho para catador de papelão

- As abas laterais e frontais foram confeccionadas em tela galvanizada para impedir que a carga caia e ao mesmo tempo manter a estrutura do carrinho o mais leve possível.

- O freio do carrinho é feito através de  duas hastes traseiras revestidas de borracha de alta resistência, facilitando o controle de velocidade em descidas.

- Os varais (puxador)e o balanço da carroceria no eixo foram dimensionados de tal forma a facilitar o deslocamento, freio e manobras diminuindo a fadiga.

- O assoalho temos três opções; tábua de madeira, chapa de aço ou tela de aço galvanizada.

Carro catador papelão

Carro catador materiais recicláveis

 

 

 

 

 

 

 

E outro grande desafio foi viabilizar o transporte do carrinho que quando montado mede Altura: 1,2 mts, Comprimento: 2,50 mts, e Largura: 1,40 mts o que praticamente inviabilizava o carrinho devido ao alto custo de transporte, para resolver este problema o carrinho foi fabricado todo modulado de fácil montagem (acompanha manual) que quando desmontado mede singelos; Comprimento: 1,70,  Largura: 1,20 e Altura: 30 cm o que reduz o custo do transporte para 25% do preço, desta forma pudemos despachar com preços absolutamente viáveis todos os carrinhos para o estado de Minas Gerais.

Carrinho para catador de material reciclável

Com este carrinho ficamos muito felizes em oferecer uma nova solução e contribuir ecológico e socialmente à nossa sociedade.

Publicado em Casos de sucesso | 90 comentários

Carrinho de carga sob medida – Segurança do Trabalho

 

Em outubro de 2010 fomos convidados por um dos maiores fabricantes de elevadores do Brasil para trabalhar no desenvolvimento de  um carrinho de carga sob medida que pudesse atender prioritariamente as necessidades de segurança do trabalho para seus técnicos transportarem suas maletas de ferramentas e também  atender à condições técnicas, desta forma desenvolvemos um carrinho de carga com  vários elementos específicos para atender às demandas;

 

a) – Alça regulável, para que cada técnico pudesse ajustar a alça à sua altura evitando assim problemas de lombargia.

alça regulavél carrinho de carga

Alça regulável

b) – Dobrável e compacto, para que os técnicos pudessem transportar seus carrinhos ocupando o mínimo espaço em seus veículos e também para aqueles técnicos que usassem transporte coletivo.

Carrinho de carga dobrável e compactoCarrinho de transporte dobrável

 

               

 

 

 

 

 

 

Carrinho dobrávelCarrinho dobrável e compacto


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

c) – Resistente e leve, para transportar até duas maletas que pode chegar a 50 kg e ao mesmo tempo ser leve para que os técnicos possam subir e descer do carro ou do transporte coletivo

 

d) – Roda leve e resistente, para os mais diferentes e irregulares tipos de terrenos.

e) – Pés dobráveis e elevados, para que em dias de chuva as maletas não se molhem com água empoçada ou enxurradas

f) – Pintura com tinta epóxi na cor escolhida, para atender o padrão gráfico da empresa

 

Após a confecção e  ajustes de 3 protótipos ao longo do mês de novembro, em dezembro de  2010 entregamos ao departamento de segurança de trabalho desta empresa o terceiro e último protótipo que conseguiu atender à todas as necessidades levantadas ao longo dos anos por seus técnicos e seus profissionais da área de medicina do trabalho. Em fevereiro de 2011 entregamos o primeiro lote de 300 carrinhos e no mês de setembro do mesmo ano entregamos os 1040 carrinhos restantes conforme o cronograma dessa empresa.

Dessa forma nos posicionamos no mercado não só como fornecedores mas principalmente como parceiros das empresas que necessitam desenvolver projetos específicos para atenderem suas necessidades especificas em movimentação, organização e armazenagem de volumes.

 

Publicado em Casos de sucesso | 1 comentário

Bancadas para serviços

Que tipos de bancadas existem? Como escolho a mais adequada para meu uso?

bancada

Bancada

Antes de mais nada saudações a todos os incansáveis buscadores de informações, bom vamos lá direto ao assunto;

No mercado existem muuuitos tipos e modelos de bancadas para atender a quase todos os “gostos” e necessidades, quase todos, como assim!!!!??? Bom é que nem tudo você consegue encontrar para comprar, mas é possível encomendar de alguns poucos fabricantes com detalhes específicos que atendam completamente suas necessidades.

- A primeira coisa que você precisa definir no momento de escolher a bancada é o espaço disponível para ela, isso determina completamente a largura e comprimento máximos, já que a altura é padrão segundos normas internacionais de segurança do trabalho (ergonometria), entre 850 e 1000 mm.

- Definido as dimensões da bancada o próximo passo é definir ainda que aproximadamente qual o peso máximo que a bancada vai receber sobre seu tampo (ou tampos), tente prever o que vc vai colocar sobre a bancada, quantos e quanto pesa cada um, isto determina a estrutura e a espessura do tampo da bancada, melhor sobrar do que faltar, calcular para menos pode significar um vida curta da bancada ou em alguns casos mais exagerados até um acidente com a quebra do tampo ou estrutura.

- Próximo passo é definir o tampo, e como se define o tampo??? Bom depende de gosto mas principalmente do tipo de uso, vejamos  alguns casos;

Se o uso for para mecânica pesada  o ideal são os tampos de madeira maciça com no mínimo 30 mm espessura ou tampo de aço com no minimo 3 mm espessura, para mais de 90% dos casos os tampos de compensado naval com 25 mm de espessura atendem perfeitamente e para casos onde o uso seja um pouco mais “bruto” pode-se pedi-los com 40 mm de espessura, tem também os tampos de osb mas só servem para uso hobby. Ainda sobre tampo você também pode optar por bancadas com 2 tampos por exemplo, um para trabalhar e outro para armazenar suas peças.

 

bancada tampo de madeira

Bancada com tampo em madeira

Para incrementar sua bancada existem vários “acessórios” opcionais, você pode pode adicionar uma manta de borracha para colocar sobre o tampo (ideal para trabalhos com óleosidade e eletrônicos, gavetas de diferentes medidas, rodizios para movimentar a bancada com facilidade, apoio central para os pés (para trabalhar na bancada sentado em uma cadeira), prateleiras, armários, réguas com tomadas, luminárias e por ai vai.”

 

bancada com manta de borracha

Bancada com manta de borracha

bancada móvel

Bancada móvel

Outra opção bacana que as bancadas oferecem é a possibilidade de serem desmontáveis, muito legal para transportar e quando a bancada é “itinerante” mas se for uma bancada para uso continuo com lugar definitivo o melhor são as bancadas soldadas porque a estrutura fica mais rigida, mais resistente ai é só ter o cuidado de observar se o espaço onde ela vai entrar as portas, corredores e escadas tem espaço suficiente, senão você pode acabar com um mico na mão.

 

Bom isso é o mais básico sobre os bancadas, com essas dicas acredito que se possa escolher uma bancada praticamente sem erro.

 

É isso ai por hoje.

Publicado em Bancadas | 2 comentários

5 dicas para escolher um Carrinho de Carga – Weber Máquinas e Ferramentas

carrinho de carga plataforma

Carrinho de carga plataforma

Os cincos detalhes a levar em conta na hora de escolher um modelo de carrinho de carga.

1)      Capacidade de carga. Verifique bem quanto peso você quer transportar de uma só vez no carrinho de carga. A falta de dimensionamento do peso pode acarretar em quebras dos pontos de solda, das rodas ou desgaste acelerado.

carrinho para geladeira

Carrinho para geladeira

2)      Volume da carga. Existem diferentes modelos de carrinhos de carga que permitem você transportar de uma só vez determinados tipos de volumes, leve em conta também os tipos de “terrenos” por onde vai circular o carrinho de carga dependendo disto deverá ser feito a opção por um carrinho de carga mais estreito ou mais largo, mais comprido ou mais curto, com abas ou não e o tipo da plataforma (para volumes irregulares o melhor é plataforma c/ chapa).

carrinho de carga dobrável

Carrinho de carga dobrável

3)      Tipo de rodas. A escolha das rodas depende de dois fatores o peso total a ser transportado e o tipo de “terreno” por onde o carrinho de carga vai circular. Se o terreno é irregular com buracos, pedras e grandes desníveis escolha sempre os pneumáticos, mas se o terreno tiver muito índice de material pontiagudo o melhor é optar pelas rodas maciças. Para pisos muito lisos e onde o menor índice de ruído é necessário uma boa opção são as rodas feitas de poliuretano que são macias e geram muito pouco ruído.

roda para carrinho de carga

Roda para Carrinho de carga

4)      Garantia. Verifique sempre se o revendedor cobre a garantia do carrinho de carga porque em geral a garantia do fabricante obriga o comprador a levar o carrinho até a fábrica, ou então verifique se possui alguma assistência técnica próxima.

 

5)      Preço. A melhor forma de garantir um bom preço é primeiro dimensionando bem a utilização do carrinho de carga para não comprar um que vai além de suas necessidades o que encarece a aquisição, em segundo verifique se a qualidade do carrinho pode ser comprovada utilizando as ferramentas tecnológicas para pesquisar sobre a marca e possíveis usuários dela, e finalmente se a garantia está explicita na proposta de venda.   A observação destes pontos pode garantir que a sua aquisição seja eficiente e satisfatória e é claro a não observância pode lhe trazer um problema ao invés de uma solução.

 

 

Se você gostou deste articulo e quer propor temas para os proximos posts entre em nossa Fan page e diga quais são as dicas e informações que você gostaria de ver tratado  em nosso blog.

Publicado em Carrinhos de carga | Deixar um comentário